Project Description

Colégio Antônio Vieira, em Salvador, e Escolas Famílias Agrícolas são homenageados pelo Conselho Estadual de Educação da Bahia

Professora Mariângela Risério, diretora-geral do Vieira.

O Colégio Antônio Vieira, em Salvador, na Bahia, foi condecorado este mês pelo Conselho Estadual de Educação (CEE Bahia) com a comenda comemorativa dos 180 anos do órgão. A honraria, que homenageia o educador Anísio Teixeira, foi entregue na última segunda-feira (30), em cerimônia especial pelo aniversário do Conselho Estadual, no Teatro Castro Alves. 

A Escola Comunitária Família Agrícola de Ribeira do Pombal (ECFARP) também recebeu a comenda Anísio Teixeira em nome das 30 instituições de ensino da categoria, que compõem  a Rede das Escolas Famílias Agrícolas Integradas do Semiárido (REFAISA) e a Associação das Escolas das Comunidades e Famílias Agrícolas da Bahia (AECOFABA). Uma das instituições filiadas que se fez presente foi a Escola Família Agrícola de Jaboticaba (EFAJ), do município de Quixabeira. Fundada em 8 de dezembro de 1993 e agregada recentemente à Fundação Fé e Alegria, a unidade faz parte das ações da Companhia de Jesus de Educação Popular e atua com a Pedagogia da Alternância, uma metodologia de ensino que chegou ao Brasil em 1969 como uma missão jesuíta. A coordenadora da EFAJ, Iracema Lima dos Santos, também participou do evento como conselheira suplente no CEE da Bahia.

Já o Colégio Antônio Vieira é a única instituição que integra a Rede Jesuíta de Educação Básica (RJE) na Bahia, tendo sido fundado pela Companhia de Jesus há 111 anos. Com projeto político-pedagógico sempre ressignificado para o tempo presente, o Vieira mantém-se como referencial da qualidade da missão educativa jesuíta no estado. “Trata-se do colégio que foi formador do nosso patrono, o educador Anísio Teixeira, uma referência para a Educação Brasileira. Além disso, o Vieira, enquanto instituição de ensino, também tem sido uma referência para a história da educação na Bahia”, declarou o presidente do CEE Bahia, professor Paulo Nacif, ao justificar a honraria concedida.

“É um reconhecimento muito significativo por vir, em especial, do Conselho Estadual de Educação, um órgão tão importante para a Educação na Bahia, o primeiro conselho do Brasil, que completa agora 180 anos, tornando esta homenagem ainda mais especial também para a história da nossa instituição, assim como para a missão da educação jesuíta em nosso estado”, afirmou a diretora-geral do Vieira, professora Mariângela Risério, que também destacou o reconhecimento do órgão ao trabalho das escolas agrícolas, como a EFAJ.